Jesus Cristo e os nossos pecados – Marcos 2:1-12

I. INTRODUÇÃO:

Provavelmente quando Marcos escreveu seu Evangelho os crentes se perguntavam por que JESUS CRISTO foi atacado, preso e finalmente morto se ELE viveu de maneira Santa e sem nenhum pecado. Então DEUS usa Marcos e o inspira a escrever uma coleção de histórias que nos mostram porque os fariseus e outros odiavam tanto a JESUS. (Marcos 2:1-3,6)

Neste estudo de hoje veremos a primeira dessas histórias: A História do Homem Paralítico. E teremos respostas a algumas perguntas como:

– Para que levaram o paralítico a JESUS?
– Por que JESUS lhe disse: “Teus pecados te são perdoados”?
– Por que os homens acusaram JESUS de blasfemar?
– Qual o significado destas palavras: O Filho do Homem tem poder para perdoar pecados?

II. COMPREENDENDO O CONTEXTO BÍBLICO:

1. Cafarnaum (V. 1): Cidade da Galileia junto ao mar da Galileia e de Tiberíades. Ali o centurião romano mandou construir uma sinagoga (Lucas 7:5) Grande parte da vida pública de JESUS aconteceu nessa cidade. Apesar de JESUS ter feito ali grandes milagres (Mt. 8:5-13; Marcos 1:21-28; 29-34; João 4:46; Mateus 17:27) a aceitação pelo povo foi tão pequena que JESUS amaldiçoou aquela cidade por causa da incredulidade (Marcos 11:23). O que estava errado com JESUS? Nada estava errado com JESUS! O erro estava no povo que não cria NELE. Às vezes pessoas perguntam: O que está errado com esta ou aquela Igreja que não cresce? O erro não está na Igreja, se ela é fiel a JESUS. O erro está no povo que não crê, assim como a cidade de Cafarnaum que não creu em JESUS quando ELE fez tanto milagres ali.

2. descobriram o telhado onde estava (V. 4): As casas da Palestina costumavam ter uma escada exterior que subia até o teto. O telhado era feito de vigas que iam de uma parede até a outra e sobre elas punham ramos de árvores e barro amassado. Foi assim que os homens começaram a fazer um buraco no teto e derrubar barro seco na cabeça dos que estavam dentro da casa ouvindo a JESUS.

3. Escribas (V. 6): Eram pessoas especializadas na lei de Moisés, eram também chamados de rabinos e doutores da lei. Eles se encarregavam de interpretar as Escrituras e se transformaram nos guias do povo.

4. Filho do Homem (V. 10): Título dado ao MESSIAS no Livro de Daniel 7:13, 14) Foi o título preferido por JESUS para SI mesmo. Basicamente o título Filho do Homem era usado para:

a) Enfatizar a Divindade do MESSIAS.
b) Filho do Homem é Aquele que tem a Missão de Julgar (Marcos 8:38)
c) JESUS uniu este título à do Servo Sofredor de Isaías 53.

Dessa forma o Filho do Homem é o MESSIAS (DEUS) que vem salvar e julgar por meio do sofrimento e entrega de SUA vida na cruz.

. COMPREENDENDO O TEXTO BÍBLICO:

Nesta passagem bíblica vemos duas coisas importantes:
a) A Fé do ser humano
b) O Perdão Divino

A Fé do Ser Humano:

1. A Fé deles (V. 5): Foi a Fé dos amigos que chamou a atenção de JESUS e O motivou a agir. A Bíblia nos ensina que DEUS atua por meio das orações e ações de outros (Marcos 7:29, 30; 9:14-29; Lucas 7:3)

2. Em que eles tinham Fé: Os amigos não criam que eles iam salvar o paralítico. Eles tiveram Fé em JESUS ao ir ver o que ELE dizia e fazia. Eles viam que JESUS fazia aquilo que DEUS prometeu fazer por meio do MESSIAS como vimos em nosso primeiro estudo em Lucas 4:16-24.

3. Os riscos da Fé: A Fé nos faz correr riscos. O risco que o dono da casa brigasse com eles por destruir o telhado. O risco de que JESUS se irritasse de vê-los perturbar a reunião daquela maneira. O risco de que sua Fé não fosse atendida. O risco de que se se o paralítico não fosse curado todos iriam rir deles.

4. A Fé exige Ação: A Fé deles não era morta, apenas sentimento. Mas os levou a agir. Carregaram o doente pelas ruas até onde estava JESUS, não podendo entrar pela porta nem pela janela, subiram o paralítico pela escada com perigo de derrubar o homem e ainda piorar sua enfermidade. Fizeram um buraco no telhado da casa do outro e baixaram o paralítico até a presença de JESUS.

O paralítico também precisou crer ou ele não aceitaria ser levado à presença de JESUS. Ele faria uma gritaria que a Bíblia teria registrado. Mas JESUS viu a Fé deles, e isso inclui todos que participaram dessa ação, e também o paralítico. A Fé que salva é voluntária. Ela produz um arrependimento sincero dos nossos pecados e nos leva a entregar nossa vida a CRISTO.

5. O Objeto da nossa Fé: O objeto de nossa Fé é JESUS CRISTO. A Fé do cristão verdadeiro não está numa doutrina, nem em uma religião. Mas está em JESUS CRISTO. Não é concordar e compreender com a inteligência. Mas é depositar a confiança em uma única pessoa JESUS CRISTO.

6. O resultado da Fé: Seus pecados lhe foram perdoados e ele foi totalmente curado! DEUS recompensa a Fé no SEU Filho JESUS CRISTO (Hebreus 10:35; 11:6).

O Perdão Divino:

1. O Perdão de nossas Faltas (Pecados) é o Maior de todos os Milagres: O homem foi levado a JESUS por causa de uma enfermidade física. Porém, JESUS não se esqueceu daquilo que era mais importante: a salvação de sua alma!

2. O que necessitamos é o perdão dos nossos pecados (V. 5): O que JESUS disse ao paralítico é que daquele momento em diante ele era inocente. Que seus pecados estavam perdoados e que sua vida passada longe de DEUS já não era mais um obstáculo para ele relacionar-se com o SENHOR. É Preciso que nos reconheçamos culpados para que JESUS CRISTO nos faça inocentes!

3. O Perdão de nossas faltas só pode ser recebido através de JESUS CRISTO: Nisso os escribas tinham razão! Só DEUS tem poder para perdoar pecados (V. 7). JESUS perdoou os pecados do paralítico, curou-o e com isso demonstrou SUA Divindade. Nossas faltas não podem ser perdoadas por um sacerdote, nem por um pastor, nem por um psicólogo. Só JESUS CRISTO pode perdoar-nos e livrar-nos de nossas culpas. Quando nos arrependemos de nossos pecados e nos entregamos a JESUS CRISTO o SEU sangue derramado na cruz nos purifica de todo o pecado e ELE faz de nós novas criaturas.

No amor de JESUS CRISTO,
Pastor Jackson Rondini